SITE DEDICADO AO MUNDO DO MODELISMO ESTÁTICO & MILITARIA

Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
Sondagem
Qual a sua área de modelismo preferida?
Militar aéreo
Militar terrestre
Militar naval
Civil aéreo
Civil terrestre
Civil naval
Ficção
Outro
Ver Resultados

  • Currently 4.11/5

Rating: 4.1/5 (3633 votos)

ONLINE
2




Partilhe esta Página



 

 

PARCERIA


Os administradores deste site aceitam propostas de parceria para análise.

 


AJUDE A MANTER ESTE PROJETO

Donativos

 




Total de visitas: 466336
P&H - Boeing 787 Dreamliner
P&H - Boeing 787 Dreamliner

 

 

Boeing 787 Dreamliner

 
- Avião de transporte civil - E.U.A. (2011) -

Resumo Histórico Especificações Versões & Variantes Principais Utilizadores Historial Galeria Vídeos Profiles Fontes
Descrição Gerais
                   

  Boeing 787 Dreamliner  

Link original: pjs2005 from Hampshire, UK, CC BY-SA 2.0, via Wikimedia Commons

     
  Boeing 787 Dreamliner  
  Revell - 1/144  

RESUMO HISTÓRICO


O Boeing 787 Dreamliner é um avião de transporte civil widebody bimotor turbofan desenvolvido e fabricado pela Boeing Commercial Airplanes.

Inicialmente designada como Boeing 7E7, até sua renomeação em janeiro de 2005, o Boeing cedo recebeu a alcunha, promocionalmente eficaz, de «Dreamliner» e é o avião mais eficiente da Boeing em termos de combustível e foi o primeiro na qual foram usados compósitos como material principal na construção de sua estrutura.

O 787 foi projetado para ser 20% mais eficiente do que o Boeing 767. As características do 787 incluem um nariz distintivo, o uso total do sistema fly-by-wire, asas curvadas e redução de ruído dos motores. O Seu cockpit é semelhante ao do Boeing 777, o que permite que pilotos qualificados operem os dois tipos de aviões.

O primeiro 787 foi apresentado ao público no dia 8 de julho de 2007, na fábrica da Boeing, em Everett. O desenvolvimento e produção do 787 envolveram a colaboração de inúmeros fornecedores em todo o mundo. A montagem final aparelhos é realizado em Everett e em North Charleston.

Originalmente planeado para entrar em serviço em maio de 2008, o projeto teve vários atrasos. O primeiro voo ocorreu em 15 de dezembro de 2009 e completou os testes de voo em 2011.

As certificações da Administração Federal de Aviação (FAA) e da Agência Europeia para a Segurança da Aviação (EASA) foram entregues em agosto de 2011, tendo o primeiro 787-8 sido entregue em setembro de 2011. Este avião, entrou em serviço comercial em 26 de outubro de 2011, pela All Nippon Airways.

O 787-9, que é 6,1 metros (20 pés) maior e tem um alcance de 830 quilómetros (450 milhas náuticas) superior que a versão -8, voou pela primeira vez em setembro de 2013. As entregas do 787-9 iniciaram em julho de 2014 e a variante entrou em serviço comercial em 7 de agosto de 2014, também pela All Nippon Airways, com a companhia lançadora da versão, a Air New Zealand, recebendo a aeronave dois dias depois. Em novembro de 2015, o 787 havia recebido 1142 pedidos de 62 companhias.

O avião sofreu vários problemas em serviço, principalmente incêndios a bordo relacionados com as suas baterias de íon-lítio. Estes sistemas foram verificados pela FAA, a qual bloqueou todos os 787 no mundo até que os problemas com as baterias fossem resolvidos. Após a Boeing revisar a bateria e fornecer um modelo revisado, a organização aprovou o novo projeto e liberou as aeronaves em abril de 2013. O 787 retornou ao serviço de passageiros no final desse mês.

 

  Boeing 787  

Esquema B&W: Julien.scavini, CC BY-SA 3.0, via Wikimedia Commons


ESPECIFICAÇÕES


DESCRIÇÃO

País de origem Fabricante
E.U.A. Boeing Commercial Airplanes
Tipologia de missão / Função
Avião de transporte civil
Projeto antecedente Desenvolvido em
Boeing 767  
voo Introduzido
15 de dezembro de 2009   26 de outubro de 2011, com a All Nippon Airways
Período de produção Aposentado
2007 –   
Design Quantidade produzida
  1 006 aparelhos (Fevereiro de 2022)
Custo unitário Variantes
787-8: US$224 milhões
787-9: US$264 milhões
787-10: US$306 milhões
787-8
787-9
787-10
Período histórico
 

CARACTERÍSTICAS GERAIS

Comprimento Envergadura Altura Superfície alar
  68,28 m (224 ft)   60,12 m (197 ft)   17,02 m (55,8 ft)  m² ( ft²)
Peso vazio Peso carregado Peso máximo à descolagem Teto máximo
  126 000 kg (278 000 lb)  Kg 253 000 kg (558 000 lb) 13 100 m (43 000 ft)
Velocidade Máxima (Vno) Velocidade de cruzeiro Nº. de classes Autonomia (MTOW)
1 051 km/h (567 kn, 0.85 Ma) 958 km/h (517 kn) 1 a 3 14 140 km (8 790 mi)
Regime de subida Carga alar Potência/Peso Alongamento
 m/s  Kg/m2  kW/Kg  
Tripulação / Capacidade
  2 (piloto e copiloto) +  242 a 420 passageiros
Motorização
  2 motores General Electric GEnx ou Rolls-Royce Trent 1000 com um empuxo por motor de 32 205 kgf (316 000 N) 
Armamento / Carga bélica
DEsarmado

VARIANTES E VERSÕES


Designação do aparelho (Variante/Versão)
- Tipo de Avião - 
Texto
 

PRINCIPAIS UTILIZADORES


Introduzir País

HISTORIAL


Texto

Aviões de comparável missão, configuração e época

       
       

GALERIA


     

VIDEOS


     

PROFILES


     

INFORMAÇÃO ADICIONAL / FONTES


 Sites e Blogs
Wikipedia-Pt Wikipedia-Eng
   
 Bibliografia
 Aviões-TPM  
Aviões - Tecnologia de ponta e mobilidade  

  


 Última atualização da página: 12/03/2022