Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
Sondagem
Qual a sua área de modelismo preferida?
Militar aéreo
Militar terrestre
Militar naval
Civil aéreo
Civil terrestre
Civil naval
Ficção
Outro
Ver Resultados

Rating: 4.2/5 (1768 votos)

ONLINE
3




Partilhe esta Página



 

PARCERIA


Os administradores deste site aceitam propostas de parceria para análise.

 


  

EXPOSIÇÕES NACIONAIS


OS MEUS KITS

ÚLTIMO TRABALHO REALIZADO


MILITARIA

ÚLTIMO AVIÃO A HÉLICE INTRODUZIDO/ATUALIZADO

Fairchild C-119 Flying Boxcar

Fairchild C-119 Flying Boxcar


ÚLTIMO AVIÃO A REATOR INTRODUZIDO/ATUALIZADO 

Mikoyan-Gurevich MiG-17

Mikoyan-Gurevich MiG-17


ÚLTIMO HELICÓPTERO
INTRODUZIDO/ATUALIZADO

AgustaWestland EH-101 Merlin

AgustaWestland EH-101 Merlin


ÚLTIMO VEÍCULO SOBRE LAGARTAS INTRODUZIDO/ATUALIZADO

Type 97 ShinHoTo Chi-Ha medium tank

Type 97 ShinHoTo Chi-Ha


ÚLTIMO VEÍCULO SOBRE RODAS INTRODUZIDO/ATUALIZADO

Ford Model C11 ADF

Ford Model C11 ADF


 

AJUDE A  MANTER ESTE PROJETODonativos



Total de visitas: 189085
P&H - M22 Locust
P&H - M22 Locust

M22 Locust

- Carro de combate ligeiro aerotransportável- E.U.A. (Ano de introdução) -

M22 Locusto

Link original: Max Smith [Public domain], via Wikimedia Commons


País de origem Fabricante
E.U.A. Marmon-Herrington Company, Inc.
Produção total Periodo de produção
830 veículos 1942 - 1945
Período Histórico Principais utilizadores
2ª Guerra Mundial e israelo-árabe de 1948 E.U.A.; Reino Unido; Egipto e Israel

  


RESUMO HISTÓRICO


O tanque ligeiro M22 Locust, oficialmente Light Tank (Airborne) M22, foi um veículo blindado desenvolvido durante a 2ª Guerra Mundial, para poder ser transportado por aviões ou planadores e poder, no terreno, dar algum apoio às divisões aerotransportadas.

O Locust começou a ser desenvolvido em 1941, depois de o Departamento de Guerra Britânico ter solicitado ao governo americano que projetasse um tanque ligeiro aerotransportado, construído para o propósito, que pudesse ser transportado por um planador até ao campo de batalha e aí apoiasse as forças aerotransportadas britânicas.

O Departamento de Guerra Britânico, inicialmente, ainda utilizou o tanque ligeiro Tetrarch para esse fim, mas esse tanque não tinha sido projetado para ser aerotransportado e por isso mesmo optaram por solicitar aos americanos o desenvolvimento de um veículo específico para apoio às forças aerotransportadas.

O desenvolvimento do futuro M22 Locust foi realizado diretamente pelo exército, mais concretamente pelo Departamento de Artilharia dos Estados Unidos que, por sua vez, selecionou a Marmon-Herrington para projetar e construir um tanque aerotransportado em maio de 1941.

O protótipo, designado Light Tank T9 (Airborne), foi projetado para ser transportado sob um avião de transporte Douglas C-54 Skymaster (já que os americanos não dispunham de planadores capazes de o transportar) ou dentro do planador General Aircraft Hamilcar já que as dimensões do M22 Locust o permitiam.

Depois de uma série de modificações realizadas no protótipo inicial, a produção do T9 começou em abril de 1943. No entanto essa foi significativamente atrasada, devido a várias falhas que foram encontradas no tanque.

A Marmon-Herrington só começou a produzir números significativos do T9 em finais de 1943 e início de 1944. No entanto, por essa altura, o projeto era já considerado obsoleto e somente 830 unidades tinham sido construídas quando a produção terminou em fevereiro de 1945.

O Departamento de Armas americano deu ao tanque o número de especificação M22, mas nenhuma unidade de combate foi equipada com ele. No entanto, o Departamento de Guerra acreditava que o tanque funcionaria adequadamente, apesar das suas falhas, de modo que o tanque recebeu o título de "Locust" (em português “Gafanhoto”) e 260 tanques foram enviados para a Grã-Bretanha ao abrigo do Lend-Lease Act.

Dezassete Locust foram recebidos pelo 6º Regimento de Reconhecimento de Blindados Aerotransportados no final de 1943, mas problemas mecânicos levaram a que os tanques fossem retirados em favor dos Tetrarchs anteriormente usados pelo regimento.

Em outubro de 1944, no entanto, os Tetrarchs restantes do regimento foram substituídos por Locust e oito foram utilizados durante a Operação Varsity, em março de 1945. Os tanques não tiveram um bom desempenho em ação, vários foram danificados durante o processo de aterragem e um foi derrubado por disparos alemães. Apenas dois Locust’s conseguiram chegar ao ponto de encontro planeado e entrar em ação, ocupando um terreno elevado junto com uma companhia de infantaria.

Os tanques foram forçados a retirar-se da posição após várias horas dado que atraíram fogo de artilharia que causou à infantaria pesadas baixas. O Locust nunca mais viu serviço ativo no Exército Britânico e foi classificado como obsoleto em 1946.

Vários Locusts foram usados por exércitos estrangeiros no período do pós-guerra; o exército belga utilizou os Locust como tanques de comando para seus regimentos de tanques M4 Sherman, e o exército egípcio usou várias unidades de Locust durante a guerra israelo-árabe de 1948.

 


VARIANTES E VERSÕES


Designação do veículo (Variante/Versão)
- Carro de combate ligeiro aerotransportável - 

 

Alçado Lateral
Alçado Superior Alçado Frontal Alçado Inferior 

 

Guarnição Comprimento Largura Altura
3 3.94 m 2.16 m 1.85 m
Peso Velocidade máxima (Estrada) Velocidade máxima (Campo) Capacidade de combustível / Autonomia
7 400 Kg 64 km/h  km/h  Litros / 217 Km
Blindagem Passagem a vau Obstáculos verticais Trincheiras
9.5 a 12.5 mm 1.1 m 0.50 m 1.68 m
Motorização
1 motor Lycoming O-435T 6 cilíndros radial a gasolina com 165 hp (123 000 W) 
Armamento
Principal: 1 canhão de 37 mm M6
Secundário/Proteção: 1 metralhadora .30-06 Browning M1919A4 

 

 

RESUMO DA VARIANTE/VERSÃO


Texto justificado

 


PROFILES


   
   

 


INFORMAÇÃO ADICIONAL


 Sites e Blogs
Wikipedia-Pt Wikipedia-Eng
   
 Bibliografia
   
   

  


 Última atualização da página: 27/04/2019