Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
Sondagem
Qual a sua área de modelismo preferida?
Militar aéreo
Militar terrestre
Militar naval
Civil aéreo
Civil terrestre
Civil naval
Ficção
Outro
Ver Resultados

Rating: 4.1/5 (2294 votos)

ONLINE
2




Partilhe esta Página



 

PARCERIA


Os administradores deste site aceitam propostas de parceria para análise.

 


  

EXPOSIÇÕES NACIONAIS


OS MEUS KITS

ÚLTIMO TRABALHO REALIZADO


MILITARIA

ÚLTIMO AVIÃO A HÉLICE INTRODUZIDO/ATUALIZADO

Arado AR 64

Arado AR 64

 Arado AR 65

Arado AR 65

Heinkel He 70 (Blitz)

Heinkel He 70 (Blitz)

Dornier Do 17

Dornier Do 17

Heinkel He 50

Heinkel He 50

Heinkel He 111

Heinkel He 111

Henschel Hs 123

Henschel Hs 123


ÚLTIMO AVIÃO A REATOR INTRODUZIDO/ATUALIZADO 

British Aerospace Nimrod

British Aerospace Nimrod

De Havilland DH 106 Comet

De Havilland DH 106 Comet


ÚLTIMO HELICÓPTERO
INTRODUZIDO/ATUALIZADO

AgustaWestland EH-101 Merlin

AgustaWestland EH-101 Merlin


ÚLTIMO VEÍCULO SOBRE LAGARTAS INTRODUZIDO/ATUALIZADO

Churchill tank

Churchill tank


ÚLTIMO VEÍCULO SOBRE RODAS INTRODUZIDO/ATUALIZADO

Semilagarta M5

Semilagarta M5


 

AJUDE A  MANTER ESTE PROJETODonativos



Total de visitas: 254637
P&H - Transall C-160
P&H - Transall C-160

Transall C-160

- Avião militar de transporte - Alemanha e França (1967) -

Resumo Histórico Especificações Variantes/ versões Principais Utilizadores Historial Galeria Videos Profiles Fontes
Descrição Gerais
                   

Transall C-160 

Link original: By bomberpilot [CC BY-SA 2.0 ], via Wikimedia Commons


RESUMO HISTÓRICO


O Transall C-160, também conhecido simplesmente por C-160, é um avião de transporte militar bimotor de asa alta e uma porta de carga na parte traseira da fuselagem, desenvolvido no âmbito de um projeto conjunto franco-alemão para as forças aéreas dos dois países.

Designação do aparelho

Esquema B&W


ESPECIFICAÇÕES


DESCRIÇÃO

País de origem Tipologia de missão / Função
França e Alemanha  
Design Fabricante
  França - Nord Aviation
Alemanha - Weser Flugzeugbau e Hamburger Flugzeugbaug
Projeto antecedente 1º voo
  25 de fevereiro de 1963
Período de produção Quantidade produzida
1965 - 1985 214 aparelhos
Introduzido em Retirado em
1967  
Custo unitário Período histórico
  Guerra do Golfo

CARACTERÍSTICAS GERAIS

Tripulação Comprimento Envergadura Altura
3 32.40 m 40.00 m 11.60 m
Superfície alar Peso vazio Peso máximo à descolagem Teto máximo
160 m2 29 000 Kg 51 000 Kg  
Velocidade Máxima (Vno) Autonomia Autonomia máxima Regime de subida
510 Km  Km  Km  m/s
Carga alar Potência/Peso    
Kg/m2 W/Kg    
Motorização
2 motores Rolls-Royce Tyne RTy.20 Mk 22com 5740 cv cada (4222kW)
Hélices
 
Armamento / Carga bélica
Desarmado

VARIANTES E VERSÕES


C-160D
A designação C-160D corresponde aos 110 aviões construídos para a Força Aérea Alemã.
C-160F
A designação C-160F corresponde aos 50 aviões construídos para a Força Aérea Francesa.
C-160P
A Air France opera quatro aviões Transall para transporte de correio aéreo civil. Estes aparelhos foram convertidos a partir de aviões C-160F.
C-160NG

Em 1977, a Força Aérea Francesa solicitou uma versão atualizada dos seus aviões Transall. Essa versão melhorada foi designada de C-160NG (NG = "Nouvelle Génération"; "Nova Geração").

Os aviões começaram a ser entregues a partir de 1981. Esses aparelhos foram equipados com aviónicos atualizados, mas a diferença mais visível foi talvez a eliminação da porta de carga do lado esquerdo. Alguns deles ganharam novas designações.

Cerca de 15 aviões foram configurados em aviões-tanque para reabastecimento aéreo. Esses aparelhos dispunham de tanques de combustível adicionais na seção central da asa. Podiam assim transportar 28000 litros de combustível ao invés dos 19000 litros dos C-160F originais. Para poderem reabastecer em voo outros aviões também foram equipados com uma sonda de reabastecimento.

- 4 aviões foram configurados como C-160H TACAMO, para comunicação com submarinos nucleares franceses submersos. Estes aviões estiveram operacionais até o início dos anos 2000.2 aviões foram convertidos para SIGINT, ou seja, aviões de vigilância eletrónica e designados como C-160G Gabriel. Estes aviões são facilmente reconhecíveis pela quantidade de antenas instaladas na fuselagem. Estes aparelhos substituíram o Noratlas que serviu anteriormente nessa missão. Embora ainda recentemente ao serviço, os C-160G participaram da Primeira Guerra do Golfo, em 1991.

- 6 aviões C-160NG foram construídos para a Indonésia

C-160R

Entre os anos 1994 e 1999, todos os C-160 franceses sofreram uma nova modernização da aviónica e a adição de novas contramedidas antimíssil. Os Transall C-160F que sofreram esta atualização foram designados como C-160R Renove ("Renovados").

Também os aviões da Força Aérea Alemã sofreram os mesmos processos de atualização realizados pela BAE Systems.

C-160T
A designação C-160T corresponde aos 20 aviões utilizados pela Força Aérea Turca. Esses aviões foram comprados em 1971 à Alemanha.
C-160Z
A designação C-160Z corresponde aos 9 aviões utilizados pela Força Aérea Sul-Africana. Esses aviões foram entregues entre 1969 e 1970 porém já nenhum se encontra ao serviço.

PRINCIPAIS UTILIZADORES


País:  Alemanha, França, África do Sul, Turquia e Indonésia

HISTORIAL


 

O Transall C-160, também conhecido simplesmente por C-160, é um avião de transporte militar bimotor de asa alta e uma porta de carga na parte traseira da fuselagem, desenvolvido no âmbito de um projeto conjunto franco-alemão para as forças aéreas dos dois países.

O projeto para o desenvolvimento do Transall C-160 foi assinado, em 1957, pela França e pela Alemanha. A Itália ainda participou nas negociações iniciais mas abandonou o projeto em detrimento de um projeto próprio.

Em 1959 é criado o consórcio Transporter Allianz (Transall) entre a empresa francesa Nord Aviation e as empresas alemãs Weser Flugzeugbau e Hamburger Flugzeugbaug.

Os requisitos iniciais pedidos para o novo avião eram bastante exigentes. Ele teria que ter a capacidade de transportar 16 toneladas de carga até uma distância de 1720 km ou 8 toneladas até aos 4540 km. Além disso, teria que ter a capacidade de operar em pistas de aterragem semi-preparadas.

O C-160 foi originalmente concebido para substituir os antigos aviões de transporte Nord Noratlas da Força Aérea Francesa e Alemã e as suas dimensões ficavam entre o avião de transporte italiano Aeritalia G.222 (menor) e o americano C-130 Hercules (maior).

O C-160 foi projetado para realizar missões de transporte de cargas, mas também de tropas e de evacuação médica. Durante os mais de 50 anos de serviço, o C-160 acabou por fornecer suporte logístico para diversas tipologias de operações/missões já que mostrou grande versatilidade, acabando por ter também funções especializadas, como inteligência eletrónica, plataforma de comunicação e aviões-tanque para reabastecimento aéreo.

Foram construídos três protótipos que voaram em 1963 (o voo inaugural realizou-se a 25 de fevereiro de 1963). A estes seguiram-se aviões de pré-produção, em 1965, e aviões de produção em 1967, ano em que entrou ao serviço.

O Transall C-160 está equipado com dois motores turbo-hélice Rolls Royce Tyne Mk 22 desenvolvendo cada um deles 5740 cv que impulsionam hélices de quatro pás. A configuração bimotor permite um design mais simplificado, um menor peso e um menor consumo de combustível.

O Transall C-160 tem uma tripulação constituída por três elementos (dois pilotos e um engenheiro de voo) e pode transportar 93 soldados ou entre 61 e 88 paraquedistas equipados. Alternativamente, pode transportar 62 macas.

O Transall cumpre com os requisitos iniciais pois tem a capacidade de transportar uma carga de 16 toneladas até uma distância de 1850 km ou uma carga de 8,5 toneladas até uma distância de 5000 km. Em termos comparativos, a capacidade de carga útil do Transall C-160 é bastante semelhante à do avião de transporte tático americano Lockheed Martin C-130 Hercules. No entanto, o Hércules de quatro motores, tem uma velocidade máxima superior e um alcance muito maior.

Entre as cargas que pode transportar inclui-se veículos sobre rodas ou lagartas, peças de artilharia ligeira ou de calibre médio e paletes padrão com a mais diversa tipologia de carga.

O Transall pode operar a partir de pistas de aterragem muito curtas já que necessita somente de 400 metros para aterrar e 700 metros para levantar voo. Também pode operar em pistas semi-preparadas (mas eventualmente mais próximas da linha de frente), mas aí necessita de uma maior distância para aterrar e levantar voo.

Originalmente, o Transall C-160 destinava-se unicamente às Forças Aéreas da França e da Alemanha. No entanto, acabou por ser também adquirido pela África do Sul, Indonésia e Turquia. Ao todo foram construídas 214 unidades.

A Força Aérea Francesa adquiriu 50 aviões que foram designados de C-160F e a Força Aérea Alemã adquiriu 110 aviões que foram designados de C-160D. A maioria dos aviões operados pelas Forças aéreas da África do Sul, Indonésia e Turquia não foram construídos de origem para a exportação, mas sim “dispensados” pelas Forças Aéreas Francesas e Alemãs.

Durante sua vida operacional, os aviões Transall foram constantemente atualizados. As modificações incluíram novos sistemas de navegação e controle de voo, piloto automático, proteções de Kevlar, sistema de alerta de aproximação de mísseis, distribuidores de chaff / flare, sistema de autoproteção de guerra eletrónica, entre outros…

O Transall C-160 acabou por ter uma vida operacional muito mais longa do que o inicialmente previsto e apesar de todas as atualizações/modernizações que teve, todos os aviões começaram a atingir o fim de sua vida útil operacional a partir de 2008. O seu substituto foi o Airbus A400M construído pelo consórcio europeu EADS.


GALERIA


   

VIDEOS


   

PROFILES


   

INFORMAÇÃO ADICIONAL / FONTES


 Sites e Blogs
Wikipedia-Pt Wikipedia-Eng Veículos e armamentos militares
     
 Bibliografia
 Aviões-TPM    
Aviões - Tecnologia de ponta e mobilidade    

  


 Última atualização da página: 07/01/2020